quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Tilda mundo afora

Desde que comecei a mergulhar no universo mágico e cativante criado por Tone Finnanger optei por fazê-lo, na medida do possível, de modo ortodoxo. Claro que não 100%, pois os tecidos originais são caros e os acessórios idem. Embora seja possível comprar alguma coisa no Brasil (mais caro ainda), a maior parte precisa ser importada e isso requer um investimento que nem sempre se tem condições de assumir. Para falar a verdade, é uma pequena extravagância...
Bem, mas o que eu quero realmente dizer é que tento reproduzir os projetos a partir de suas linhas originais. Afinal, ao comprar os livros e folhear suas páginas cheias de encantamento, quero reproduzir "este" ou "aquele" projeto específico, do jeito que vi e do jeito que chamou minha atenção. Então, reúno os materiais que mais se assemelhem aos originais ou que pelo menos reflitam o conceito inerente ao projeto que quero reproduzir; escolho a dedo os tecidos, os acessórios, a lã para os cabelos, etc. 
Há improvisos algumas vezes, claro. E também toque pessoais, inevitáveis, mas nunca me arrisquei a voos mais altos, por assim dizer. Gosto de fazer "do jeito Tilda" e ainda tenho um longo caminho de aprendizagem para chegar o dia em que direi: está exatamente do jeito que eu queria!
Tenho visto de tudo na Internet em relação à criatividade das fãs de Tilda. Há artesãs em várias partes do mundo que reproduzem os projetos de forma tão bem feita, tão delicada, que emociona.
 Outras dão seu toque pessoal e não raras vezes o resultado é mais bonito que o original.
Querem ver um exemplo:
No livro Tilda's Winter Delights há duas personagens chamadas Chalet Girls, na imagem abaixo
Reparem agora nesta reprodução, feita por uma artesã russa que não consegui descobrir o nome:
O que chamou minha atenção é o capricho absoluto com que foram feitas as peças de lã, que ficaram muito mais bonitas que as originais, concordam?
Aliás, vale a pena visitar o Tilda Mania e se deliciar com o talento das artesãs que publicam seus trabalhos lá.
Ela deu seu toque pessoal, deu identidade à sua reprodução sem comprometer as linhas gerais do projeto e isso é muito legal.
Há muitos outros exemplos.
Passeando pelo Pinterest hoje, encontrei as criações da Anny
Assim como a artesã Vladka, da República Tcheca, Anny optou por um padrão de reprodução, isto é: ela escolheu determinado personagem e cria a partir dali numa espécie de "série", mas o que chama a atenção é o capricho, a delicadeza, a beleza.
Aqui um exemplo da Vladka
Mas eu ainda não tinha visto algo como o que a Anny faz: essa artesã da Bielorrússia cria figurinos maravilhosos para suas Tildas. 
Vejam e reparem na riqueza dos detalhes
 E esses cabelos, que parecem de verdade?
 Essa saia repleta de camadas sobrepostas é linda demais!
 E esse casaquinho de lã?
Sem falar nos detalhes que enriquecem os cenários: um mais lindo que outro.
É evidente que os figurinos são muito diferentes do que se costuma ver nos livros da Tone, talvez nem possam ser chamadas de "Tilda", mas a essência está ali: feminilidade, romantismo e delicadeza.
Criações muito inspiradoras e quisera eu ter habilidade para criar coisas tão lindas assim!
Espero que gostem e se inspirem!
Beijinhos
Ju






11 comentários:

  1. Oi Ju, vou passear pelo mundo das Tildas que você mencionou, adoro bonecas e essa é linda porque tem muita história. Agora, a grande diferença das que já conheci, é a delicadeza e a magia que você nos passa, com as suas bonecas, vem junto muito de você. Me dá a sensação que seu coração é muito puro e é isso que encanta. Agradeço por compartilhar tantas belezas, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  2. Ju estou fascinada, uma mais linda que a outra... Quanta delicadeza! gente, que trabalho mais minucioso!!! lindos demais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. You found some gorgeous tilda dolls! I really like the ruffly dress on the one toward the bottom. Such pretty things!

    ResponderExcluir
  4. Ai que encanto, cada uma mais linda que a outra. E realmente, tem que ter dom para fazer essas roupas e detalhes tão pequenos e tão perfeitos. Verdadeiras artistas!!!
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  5. Oi Ju,
    Acho lindas essas Tildas.
    Mas acho que é preciso adaptar e improvisar, ficar dependendo de coisas caras, não da mesmo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ju! Pura inspiração sua postagem, parabéns!!!! Acho suas Tildas tão lindas quantos essas que você mostrou, acho que são de uma delicadeza sem tamanho também. Beijos e uma ótima semana pra você, Clau.

    ResponderExcluir
  7. São, realmente, irresistíveis!
    E as roupinhas? Deliciosas.
    Com o teu talento e bom gosto consegues reproduzi-las na perfeição.
    Beijinhos, querida.

    ResponderExcluir
  8. Ju, saudade daqui. Desculpe o sumiço, a vida está punk!
    Eu amei demais esse pôs e me deu vontade de ter todas essas bonecas, essa Anny é uma artista incrível!
    Mas vc também faz Tildas maravilhosas, que me encantam!
    Grande beijo!
    Naiara

    ResponderExcluir
  9. Oi Ju... minha amiga querida...
    Eu como você, gosto das tildas mais próximas possíveis aos modelos originais. Eu também, tento me aproximar ao máximo, tecidos originais até o momento, dois o pele com o qual fiz minha Jane e um outro que ainda não usei...
    Más, realmente temos mundo afora pessoas com trabalhos maravilhosos, más sinceramente, admiro a costura, as roupas, porém tilda para mim tem que ser simples como as da tone.
    Os livros da Tone, me rementem a uma vida simples, porém cheia de amor e carinho, e é isso que me encanta.
    Agora estamos com tecidos lindos por aqui, tem dado para explorar bastante...
    Que o Senhor te dê um final de semana maravilhoso...
    Vale ressaltar que assim como existem trabalhos lindos com as tildas, me dói o coração ver uma tilda com boca, ou como bruxa, roqueira e outras berrações...
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Ju querida!
    Demorei mais cheguei!
    Que belo post amiga! Estas Tildas são pura inspiração! Eu ainda fico me perguntando, porque ainda não consigo deixar o pescoço das minhas Tildinhas tão lisinhos como nestas fotos... ai, ai. Mas à cada Tilda que confecciono, me esmero muito, espero um dia chegar lá!
    Ju, obrigada qto as informações sobre os Coelhos Maileg, um dia quero fazê-los...
    Bjos 1000!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e volte sempre!